Não é fácil escrever a newsletter certa e entregá-la na hora certa, ao público certo.

Neste artigo procuramos responder a algumas das perguntas que nos colocam com mais frequência e apresentamos algumas boas práticas.


Começando pelo principio: o que é uma newsletter?

Uma newsletter é um boletim que é enviado regularmente para os seus clientes e potenciais clientes. Geralmente as newsletters são enviadas por email mas também podem ser enviadas por SMS ou MMS.

Enviar newsletters com regularidade contribui para:

  • Manter um contacto personalizado e contínuo com os seus clientes e potenciais clientes;
  • Vender os seus produtos;
  • Construir a sua reputação online;
  • Estabelecer relações de confiança que se prolongam ao longo do tempo.

Escrever uma newsletter nem sempre é “pera doce” mas se seguir as boas práticas que apresentamos de seguida concerteza alcançará mais resultados com o seu email marketing:

  1. O primeiro passo consiste em descrever os objetivos da sua campanha de forma quantificável. Por exemplo, a sua intenção é aumentar as vendas? desenvolver a notoriedade da marca? incrementar o reconhecimento de um produto ou serviço?
  2. É essencial conhecer o seu público-alvo para ajustar o conteúdo da mensagem de acordo com o seu perfil de interesses. Para garantir a eficácia da ação mantenha atualizado um registo informático onde constem todos os seus contactos devidamente organizados através de critérios objetivos que facilitem a segmentação do público-alvo.
  3. Este passo consiste em analisar a campanha mas do ponto de vista do cliente, evidenciando os benefícios que este pode alcançar. Existe normalmente uma razão que influencia as pessoas a optar por fazer o negócio com uma determinada entidade. Quais as características que distinguem a sua empresa, produto, serviço ou marca dos seus pares e o tornam inigualável pela concorrência? A resposta a estas questões ajuda a identificar os conteúdos que devem constar da mensagem e justifica o acto da comunicação em si.
  4. Talvez o aspeto mais difícil de descrever na estratégia seja o tom e a personalidade da mensagem. A personalidade da sua mensagem pode ser séria, brincalhona ou directa. Tenha presente que qualquer palavra que use é a chave que vai determinar o tom das suas comunicações. O tom utilizado nas mensagens eletrónicas deve ser coerente com o tom utilizado nas restantes comunicações realizadas pela sua empresa através de outros meios. O tom e a personalidade, mais do que qualquer outro aspeto, determinam a reação do recetor da mensagem. Se não forem os mais adequados corre-se o risco do recetor rejeitar toda e qualquer mensagem que seja enviada futuramente.
  5. Utilize os mais recentes softwares de email marketing para gerir as suas campanhas de e-mail marketing. Só com estas ferramentas é que consegue garantir maior taxa de entrega de mensagens, entrega da mensagem no fuso horário em que se encontra o destinatário, etc.

Siga estes passos e vai ver que os resultados começam a aparecer!

Gostou do que leu?

Divulgue este artigo